terça-feira, 19 de abril de 2011

Conhecendo um pouco sobre armas de pressão.

LEGISLAÇÃO 
Carabina e Pistola de Pressão não é arma de fogo,
portanto não necessita de registro para compra.
Venda permitida a maiores de 18 anos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
PORTARIA Nº 36-DMB, DE 09 DE DEZEMBRO DE 1999
CAPÍTULO VII
Da Venda de Armas de Pressão
Art. 16. As armas de pressão, por ação de mola ou gás comprimido, não são armas de fogo,
Atiram setas metálicas, balins ou grãos de chumbo, com energia muito menor do que uma
Arma de fogo.
Art. 17. As armas de pressão por ação de mola, com calibre menor ou igual a seis (seis) mm,
Podem ser vendidas pelo comércio não especializado, sem limites de quantidade,
Para maiores de 18 (dezoito) anos, cabendo ao comerciante a responsabilidade de
Comprovar a idade do comprador e manter registro da venda.
Art. 18. As armas de pressão por ação de gás comprimido, com calibre menor ou igual a
6 (seis) mm, só podem ser vendidas em lojas de armas e munições, sem limites de
quantidade, para maiores de 21 (vinte e um) anos, cabendo ao comerciante a
responsabilidade de comprovar a idade do comprador e manter registro da venda.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Segurança
As pistolas e carabinas de pressão, apesar de parecerem inofensivas a um primeiro momento, são armas que podem ferir, portanto devem ser tomadas todas as medidas de segurança.
·         Tenha pleno conhecimento do funcionamento da arma e de seus acessórios, lendo o manual do proprietário bem como todas as informações possíveis.
·         Trate sempre como se a arma estivesse carregada e municiada.
·         Nunca guarde a arma carregada, pois além de inseguro, esta prática reduz a vida útil da mola.
·         No momento de carregar e municiar assegure sempre que o cano da arma esteja virado para um local seguro longe das pessoas ou animais e que não haja risco de ricochetes, como água ou superfície dura.
·         Durante a prática de tiro, sempre utilize Equipamento de Proteção Individual (EPI) como óculos apropriados para o tiro bem como protetores auriculares.
·         Mantenha o dedo afastado do gatilho até o momento do disparo. Nunca ande com a arma carregada, municiada e com o dedo no gatilho.
·         Nunca entregue a arma carregada e municiada para outra pessoa, sempre descarregue antes.
·         Quando for atirar em um alvo, certifique-se que projétil após atingir o alvo, seja detido, sem passar por paredes ou que haja ricochete atingindo pessoas, animais ou locais indesejados.
·         Nunca deixe a arma ao alcance das crianças e pessoas não autorizadas.
Equipamentos para o iniciante
A prática de tiro propicia momentos de relaxamento e também de concentração da nossa respiração e postura.
Alguns equipamentos são necessários para a iniciação neste esporte, obviamente os dois principais são a arma de pressão (pistola ou carabina) e o projétil (chumbinho), óbvio também é observar se o projétil é compatível com a arma de pressão, não somente quanto ao calibre bem como o seu peso e tipo com descrito no tópico Tipos de Chumbinhos. 
Outros equipamentos:
·         Óculos de Proteção: Indispensável e de uso individual, não somente para a proteção contra estilhaços provenientes do tiro, mas também como proteção contra quaisquer sujeira que venha a entrar nos olhos trazidos pelo vento, como ficamos com o olho aberto por muito tempo mirando, a possibilidade de entrar algum corpo estranho é grande.
·         Protetor Auricular: Utilizado para a proteção contra o ruído do disparo, principalmente se disparamos em estandes de tiro fechados. Há vários tipos e modelos, eles podem ser intra-auriculares de espuma ou silicone ou com cobertura total da orelha parecida com fones de ouvidos profissionais.
·         Vestuário e Calçado: Sempre se vista de forma a cobrir a maior parte do corpo para a proteção contra estilhaços, ricochetes ou algum inconveniente que possa afetar a concentração no momento do tiro, o calçado deverá ser estável para formar uma boa base para o tiro.
·         Capa ou Maleta: Tanto para o transporte como para guardar a arma de pressão é aconselhável a utilização de capa ou maleta rígida.
Tipos de Armas de Pressão

Conforme a própria definição, as Armas de Pressão são armas que lançam projéteis sem propulsão própria, ou seja, não possuem em seu interior propelentes explosivos e espoletas, mais comumente conhecida como "chumbinho".

Quanto ao calibre dos chumbinhos temos atualmente no mercado dois tamanhos, calibre 4,5 mm ou 0, 177 polegadas e o maior com 5,5 mm ou 0,22 polegadas.
Considerando o mesmo modelo de arma (mesma mola), as armas de calibre 4,5 mm possuem velocidade superior ao 5,5 mm, pois o chumbinho 4,5 mm é mais leve que o seu irmão maior 5,5 mm, porém a energia é maior no 5,5 mm do que no 4,5 mm.
Na escolha do calibre é necessário levar em consideração vários aspectos como disponibilidade dos chumbinhos, o custo, pois o calibre 5,5 mm por vezes é maior que o 4,5 mm e também se irá participar de alguma competição de tiro, pois em algumas modalidades só é aceito o calibre 4,5 mm.
Quanto ao tipo de arma de pressão, podemos dividir em dois grandes grupos:
1 – Arma de Pressão que utilizam MOLAS, podendo ser mecânica (aço carbono, aço inox) ou pneumática, quanto a este último vale uma explanação mais específica, a mola pneumática é similar àquelas utilizadas nas portas traseiras de carros hatch que normalmente são confundidas com amortecedores, estas molas possuem em seu interior alguma forma de gás, normalmente nitrogênio. Estas armas mais comuns de serem vistos necessitam que a mola seja comprimida "quebrando" o cano ou em alguns modelos, alavancas paralelas ao cano.
2 – Armas de Pressão que utilizam GÁS COMPRIMIDO, estas armas possuem câmaras próprias na sua construção para o armazenamento de gás comprido e são conhecidas como armas de pressão PCP (Pre-Charge Pneumatic) e CO2 que utilizam pequenos cilindros deste gás. Nestas armas não há necessidade e nem há como, quebrar o cano ou alavanca, pois a pressão já está presente no interior da arma.
Quanto á construção da coronha, temos a mais tradicional que é confeccionado em madeira de lei ou o confeccionado em materiais sintéticos que possibilitam a uma construção mais leve e de formas a melhorar a empunhadura da arma. A escolha é pessoal, pois há os que gostam da madeira por ser mais bonita e mais pesada, o que confere uma maior estabilidade e outros que optam pelos materiais sintéticos pela sua praticidade na manutenção e seu visual mais agressivo.

Tipos de Chumbinhos
Primeiramente e o mais importante é que o chumbinho quando posicionado no cano da arma de pressão o mesmo não pode deslizar livremente, pois este tipo de chumbinho pode causar problemas no raiamento do cano. Os melhores chumbinhos possuem o diâmetro da "saia" (parte posterior do chumbinho) maior que a ponta, o que permite que ele fique parado no cano até o disparo.




O modelo mais popular de chumbinho é o Diabolô que possui um formato de ampulheta, o que difere á a forma da cabeça que pode ser oval, chata (match), pontiaguda, com furo (hollow point), com esfera de aço, seta de titânio etc... E outras de conformação extrema como saia plástica. 





Há no mercado diversas marcas de chumbinho, desde as nacionais mais comuns como Tupi, Pardal, Apolo, Sniper, Rifle, Technogun, CBC, Rossi e as importadas como Gamo, Crossman, Norica, JSB, H&N, Skenco etc...
Vale lembrar que o chumbinho nacional tem evoluído na sua qualidade, mas ainda fica longe dos importados, o mais importante é testar várias marcas e modelos de chumbinhos e ver o que mais se adéqua a sua forma de praticar o tiro.

 

Tipos de Mira

Mira Aberta, composta de alça de mira (o que fica mais perto dos seus olhos) e a massa de mira (o que fica na ponta do cano), é o sistema mais simples e que acompanha todas as armas de pressão.

Nos modelos de armas mais modernas, o sistema conta com fibra óptica que ilumina os pontos facilitando a sua visualização, antigamente estes pontos eram pintados.
Para mirar, alinham-se os dois pontos da alça de mira com o único ponto da massa de mira e o alvo deverá estar exatamente acima do ponto da massa de mira.





Luneta, sistema óptico que visa ampliar a visão do alvo e com auxílio do retículo (linhas cruzadas) permite uma melhor visada do alvo.
Para o uso civil, a maior luneta permitida é a 6x36, ou seja, um aumento de 6 vezes com uma objetiva de 36 mm.
As lunetas para armas de pressão deverão ser específica para elas, pois devem resistir aos impactos da mola (no caso de armas de pressão de gás comprimido as lunetas podem ser menos resistentes).
Uma atenção especial deverá ser tomada com o mount, ou a base que conecta a luneta à arma de pressão que deve ser mais resistente quanto mais potente a arma de pressão, os mount separados para armas menos potentes e mount único para armas mais potentes.







Red Dot, sistema óptico que utiliza um ponto luminoso que só pode ser visto através do visor, permitindo uma maior precisão quanto á visada do alvo, este sistema ainda permite que o atirador fique com os dois olhos abertos durante a visada do alvo. Apesar de ser um excelente sistema de mira, este não é permitido em diversas competições de tiro.

Ajustando a Mira

Mira Aberta – Quando se adquire uma arma de pressão nova, normalmente a mira já vem ajustada de fábrica, portanto é aconselhável não alterar esta configuração até que tenha experiência em atirar. Caso seja necessário o ajuste do mesmo.

Nos modelos mais modelos, há dois discos na alça de mira, uma que controla o ajuste vertical e outro que controla o ajuste horizontal, nestes discos há sempre indicação para cima e para baixo, para a direita e para a esquerda. Deve-se posicionar a arma em uma base estável como em uma mesa apoiada sobre um sandbag ou toalha, colocar um alvo na distância desejada (costuma-se utilizar 10 metros) e atirar cinco vezes, se estiver acertando abaixo do centro do alvo, girar o disco no sentido para cima (up), ou vice-versa, se estiver acertando para a direita, girar o disco no sentido para a esquerda (left), ou vice-versa, sempre efetuando 5 disparos e verificando se o agrupamento se concentra em um diâmetro de 38 mm, sempre girando um ou dois cliques de cada vez.
Luneta e Red Dot – O ajuste é similar ao visto na mira aberta, posicionar a arma de pressão em uma base estável, no meio da Luneta ou Red Dot há dois discos que normalmente são protegidos por uma capa rosqueada, retire as capas e verá nos ajustes uma seta indicando up (cima) no disco superior e uma seta indicando left (esquerda) no disco lateral, novamente atirando 5 vezes, verificar qual a tendência com referência ao centro do alvo posicionado a 10 metros (distância normalmente utilizado) e ir ajustando para cima e para baixo não mais que 5 clicks de cada vez para manter um agrupamento de 40 mm. Claro que quanto maior o agrupamento melhor, se conseguir um agrupamento de 20 mm o ajuste da mira está ótima.
Caso esteja muito difícil o ajuste da mira, pode-se pedir um auxílio de um praticante mais experiente ou mesmo levar a uma loja especializada que tenha um armeiro.


As armas de pressão são compostas basicamente de metal, madeira ou material sintético.
Partes Metálicas - Estas partes, apesar de possuir sempre um tratamento especial como oxidação industrial ou cromagem com o contato das mãos são passíveis de começarem a enferrujar devido á salinidade e do ácido úrico, portanto é necessário limpar com um pano e óleo mineral sem excessos.
Madeira - Como todas as peças de madeira, esta pode ser limpa com um lustra móveis normais, tomando um especial cuidado na limpeza do local da empunhadura que com o tempo se torna mais escura devido ao manuseio. Deve-ser tomar um maior cuidado com este material, pois esta poderá lascar ou rachar com impactos.
Material Sintético - Por serem confeccionados de polímeros, estes requer uma manutenção mais simples, podendo ser limpo com um pano úmido e em casos extremos, utilizar uma limpa tudo encontrado nos super mercados.
Interior do Cano - Este é um tópico que gera polêmica, pois cada atirador tem a sua receita para limpar. Há aqueles que utilizam de kits de limpeza que se encontra em lojas especializadas e outros que optam por métodos mais simples. A única regra é não introduzir no cano qualquer material igual ou mais duro que material do cano, pois este poderá riscá-lo danificando o raiamento. O método que utilizo é composto por algodão, uma haste de fibra de vidro e WD-40, primeiro borrifo o WD-40 no interior do cano do lado que o chumbinho é colocado, coloco um chumaço de algodão na posição do chumbinho e empurro com cuidado com a ajuda da haste, repito este procedimento somente com o algodão para remover o excesso de WD-40, caso seja necessário, repito novamente desde o começo até que o algodão saia limpo. A limpeza do cano deverá ser feita a cada 100 ou 200 tiros.
OBSERVAÇÃO: Jamais deixe o WD-40 entrar em contato com os parafusos, pois como este produto é um desengripante poderá afrouxar os parafusos causando dano á arma de pressão.


Alvos
Este item é o mais importante na prática do tiro, pois é onde o chumbinho irá atingir com velocidade e força.
Mais importante que o alvo em si, é o local onde este será colocado. Atrás do alvo deverá haver alguma forma de contenção onde o chumbinho deverá ser absorvido sem atravessá-la ou ricochetear, deverá ser um local onde não haja trânsito de pessoas ou animais, um exemplo de local propício para a colocação de um alvo é um barranco alto (este tipo de local é utilizado em estandes de tiro de armas de fogo).
Deverá se tomar muito cuidado com alvos improvisados, como garrafas pet, tubos de aerosol, madeira, pois estes podem ser muito fracos e o chumbinho atravessar com força para o outro lado ou materiais duros que façam com que o chumbinho ricocheteie e atinja alguma pessoa ou animal.
Há alvos utilizados em competições como o Field Target que utiliza siluetas metálicas que ao ser atingido esta cai e posteriormente poderá ser coloca em pé novamente, há alvos de papel que visa a precisão como no tiro olímpico e o tiro esportivo que visa acertar alvos estáticos ou móveis.




4 comentários:

  1. Boa atrde a carabina norica goliath 88 e boa

    ResponderExcluir
  2. cara so meio fraco e não consigo recaregar uma monte negro ff22 5.5 tem alguma dica ? abraço

    ResponderExcluir
  3. Conhece algum clube exclusivamente para tiro de chumbinho?

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir